Search

Intercâmbio para a Irlanda? Especialista tira as principais dúvidas

Atualmente, a Irlanda é um dos principais destinos de intercâmbio buscado por brasileiros 

Bruna Menezes | Crédito: Acervo pessoal

Morar fora, conhecer novas culturas e criar experiências únicas fazem parte dos sonhos de grande parte da população jovem adulta brasileira. Um dos destinos mais procurados no momento é a Irlanda, a consultora de intercâmbio Seda College e publicitária Bruna Menezes, tirou as dúvidas que mais recebemos das nossas leitoras no Instagram. Confira: 

Vitória Borgi: Devido a pandemia, como está funcionando o intercâmbio para a Irlanda? Bruna Menezes: No momento a Irlanda não está aberta para novos estudantes. O governo Irlandês está prevendo abrir para novos estudantes em Setembro 2020 mas não temos nada oficial. As aulas presenciais para quem já está na Irlanda já foram liberadas. Ficou livre para as escolas voltar a funcionar presencial ou não! Nós da Seda College queremos voltar com total segurança e prevemos voltar no final de setembro! Vitória Borgi: Quais os tipos de intercâmbio que existem? Bruna Menezes: Para a Irlanda você pode apenas estudar inglês ou estudar inglês e trabalhar. O intercâmbio mais procurado é de 8 meses, sendo 6 meses de curso e 2 de férias, onde o intercambista pode trabalhar 20 horas semanais e durante as férias 40 horas semanais. Você pode optar por estudar por 1 ou 3 meses, porém não pode trabalhar e seu visto será de turista no país. Vitória Borgi: Posso ir para estudar e trabalhar e depois ficar por lá? Bruna Menezes: Sim! Você pode fazer o intercâmbio de 8 meses (6 curso + 2 férias) e renovar o curso 3 vezes, sendo um total de 2 anos como estudante de inglês na Irlanda. Após isso, para ficar no país, se você não tem cidadania europeia, é necessário fazer um curso superior, podendo ficar um período máximo de sete anos como estudante total (2 anos de estudante inglês +5 curso superior), não podendo fazer nenhum curso com qualificação menor do que já estudou.


Outra opção é conseguir um visto de trabalho através de uma empresa, para isso é importante verificar se sua profissão está na lista de criticall skills (é uma lista feita pelo governo irlandês na qual constam profissões que estão com déficit de profissionais qualificados para trabalhar no território irlandês). Vitória Borgi: Como é o processo para fazer o intercâmbio? Bruna Menezes: Se você for realizar o intercâmbio de 1 ou 3 meses, os processos são mais fáceis, você não precisa comprovar 3.000 Euros (apenas 500 euros por mês) e nem tirar o visto de estudante com permissão de trabalho, pois não poderá trabalhar. Se for fazer o curso de 25 semanas (6 meses curso+2 férias), você precisará de: - Passaporte com validade de, pelo menos, 6 meses após a data de volta para o Brasil; - Comprovante de pagamento do curso de inglês de 25 semanas (Carta da escola); - Comprovante de 3 mil euros (quantidade necessária para se manter durante esse tempo, de acordo com o governo irlandês porém recomendamos que você leve 4200/4500 euros para os primeiros meses); - Comprovante de residência; - Seguro-saúde governamental (obrigatório para garantir sua saúde na Irlanda); - Passagem ida e volta - Learner Protection (seguro caso aconteça algo com a escola que você receba seu dinheiro de volta) Minha indicação é que busque um consultor de intercâmbio para que ele te explique todo processo do intercâmbio. Nós da escola Seda College fazemos o suporte pré e pós embarque do aluno auxiliando a cada passo! Vitória Borgi: Como levar dinheiro para a Irlanda? Bruna Menezes: Você pode levar a comprovação financeira através de dinheiro em espécie, comprando em casa de câmbio e levando em uma doleira por exemplo. Não é a indicação mais segura. Indico você comprar através de bancos digitais (n26, transferwise, c6 bank) e levar em um cartão de débito internacional. Outra opção para a comprovação de 3.000 euros é ter na sua conta do Brasil o valor referente de acordo com o câmbio e apresentar um extrato bancário em reais. Neste post explico tudinho também:

Vitória Borgi: Porque a Irlanda é um destino muito procurado? Bruna Menezes: Preço: os valores dos cursos de inglês na Irlanda de acordo com o tempo de duração (8 meses) são os mais baixos! Mesmo com o Euro em alta! Outros países têm um custo benefício mais caro. Trabalhar durante o curso: são poucos países que dão o direito do intercambista trabalhar com o visto de estudante. A Irlanda também tem um dos salários/hora mais altos da Europa, sendo o salário minimo 10,20euros/hora Visto fácil : você faz o agendamento da emissão do visto aqui no Brasil mas todo o processo de emissão é feito na Irlanda! Com a documentação do curso em ordem, a taxa de rejeição na imigração é praticamente nula! Paisagens e viagens: como não se apaixonar por todas as paisagens verdes da Irlanda? E melhor: é um país bem localizado para viajar para outros lugares na Europa por um preço bacaninha!

Fique por dentro de todos os posts

Obrigado por assinar!

  • Facebook
  • Instagram